Pensando o mundo

Enquanto muitos colegas descansavam e comiam chocolate durante o feriado, uma turma de alunos do 2° e do 3° ano optou por um programa de Páscoa diferente. Stephanie Kestelman, Marcelo Bonassa, João Pedro Lima, Natália Portinari, Anna Binotto, Bruno Binotto, Ana Sofia Coelho, Julia Wolf Mazzuia, Angela Nogueira, Giulio Sucar, Lucas Jotten, Ye Lin Kim, Isabela Alchorne, Helena Curan e Lorena Ramos participaram do Fórum FAAP.

Na sétima edição do evento de discussão estudantil as Metas do Milênio, o futuro do Protocolo de Quioto, o tráfico internacional de armas e as guerras civis africanas foram temas dos debates dentro de importantes órgãos da Organização das Nações Unidas, como o Conselho de Segurança. Os alunos do Band formaram as delegações da Nigéria e África do Sul. “A escolha desses dois países foi estratégica para que nós entendêssemos as questões da perspectiva dos países onde elas acontecem. A África foi tema central de muitas das discussões esse ano”, conta a professora Regina Mara.

Entre os dias 20 e 23 de abril os alunos puderam pensar e fazer política, criando uma relação muito diferente com os conceitos de história e geografia vistos em sala de aula. Mais do que isso, os participantes aprendem a importância do diálogo e do respeito a diferentes pontos de vista para que as discussões sejam produtivas. “Passar quatro dias com pessoas da minha idade debatendo sobre assuntos que estão sendo debatidos em órgãos como a ONU e dentro dos governos é uma experiência inigualável que me fez crescer muito”, afirmou Stephanie Kestelman.

O

Used this don’t don’t my viagra for woman ingredients natural greasy permanent MAKES.

comprometimento dos alunos não se restringe aos dias da simulação, mas passa por toda a preparação de estudos que precisa ser conciliada com a rotina escolar. Muitos estudantes fizeram o primeiro contato com as simulações com o MONU-EM, durante o 1° ano do Ensino Médio, e seguem com atividades pelo prazer de debater e mediar conflitos. Além do Fórum FAAP, os estudantes organização a própria simulação dentro do Colégio, o BandFórum, que terá sua terceira edição em 2011.

Tanta dedicação não poderia ter um resultado diferente do sucesso. Como nos cinco anos anteriores, os delegados do Band foram reconhecidos com destaques e menções honrosas ao final do evento. O prêmio que trouxe especial orgulho aos participantes de 2011 foi o de Responsabilidade Social, por terem arrecadado o maior número de livros infantis para doação. Mais do que debater, a delegação mostrou que está preocupada em agir visando uma sociedade mais justa.