Alunos do Idade Mídia produzem fanzine

Nos dias 15 e 22 de março, os alunos do curso Idade Mídia tiveram a oportunidade de botar a mão na massa: criaram seu próprio fanzine, com ajuda do convidado, o experiente “zineiro” gaúcho Sylvio Ayala. O fanzine é uma espécie de revista rústica, que utiliza colagens, textos e ilustrações. Nasceu como mídia alternativa nos anos 60 e 70 e foi fundamental durante o movimento punk inglês, entre outros movimentos contra-culturais.

IMG_2866[1]

O “Bixorantinos”, como foi chamado o produto final, reuniu colagens, desenhos e textos feitos pelos próprios alunos, que levarão o produto para fora da sala de aula, ao distribuí-lo para a comunidade bandeirantina. No melhor estilo National Geographic, o fanzine se dispõe a desvendar perguntas sobre o aluno do Bandeirantes: Quem são? De onde vem? Como vivem?

“O humor é um elemento fundamental dessa geração; por meio dele os jovens se expressam politicamente e culturalmente também. Isso se evidencia nos fanzines, parte do processo do curso”, acredita o jornalista Alexandre Sayad, um dos coordenadores.

O Idade Mídia é um programa voltado à vivência na Comunicação. Durante o ano, os estudantes desvendam os bastidores e estudam diversas mídias como o rádio, o jornal e o cinema. São instigados a se expressarem em um veículo de comunicação criado por eles, lançado no fim do ano. O IM já foi objeto de estudo da London School of Economics e é considerado referência no campo da Educomunicação.