Milton Jung visita Idade Mídia

Por Giovanna Fabbri, do Idade Mídia

Na sexta-feira, dia  8 de agosto, o curso Idade Mídia recebeu o importante jornalista e radialista da CBN Milton Jung. Atuante na profissão há exatamente 30 anos, Milton encantou a turma ao contar sobre suas experiências profissionais, além de dar uma aula sobre como a comunicação e o direito a ela são importantes para uma sociedade democrática.

Apaixonado pela profissão e preocupado com a atenção dos jovens ao universo jornalístico, Milton brincou “tenho que conversar com quem está no sentado no banco de trás do carro; caso contrário a rádio pode até acabar”. Para ele, as diferentes plataformas de informação até podem ter ciclos de vida, mas o não o Jornalismo em si.

A turma do Idade Mídia de 2014 está produzindo um documentário, após vivenciar um pouco do universo da comunicação. Como dica, Jung deixou a importância na responsabilidade da comunicação e da informação responsável. Orientou também que é preciso atuar, seja ele no ramo que for, visando à cidadania e agindo de acordo como um cidadão para que as repostas do trabalho, e da sociedade, se revelem positivas.

Para os amantes e, quem sabe, futuros radialistas, ele disse acreditar que a rádio, junto da Internet, é a plataforma de comunicação que mais cresce quanto ao público nestes últimos anos. Afirmou também que graças ao e-mail, redes sociais e plataformas online, a rádio pode se democratizar ainda mais, ou seja, de alcançar os mais diversos públicos, inclusive o de jovens.  “Inventei a expressão ‘ouvintes internautas’”, disse Milton, retomando a ideia de que a maioria dos ouvintes acompanha a rádio também pela internet.

O radialista recomendou também, não só para aqueles desejam entrar no mundo da Comunicação, que é preciso, acima de tudo, escutar. Ouvir para poder ser ouvido, em qualquer situação ou circunstância da vida.

A conversa, além de render inúmeras risadas, serviu de estímulo para um trabalho árduo na elaboração do produto final do ano e para uma escolha profissional assertiva.