Band no Harvard Model Congress Latin America

Em uma oportunidade de argumentar em inglês e simular as relações governamentais, alunos da 2.a série do Ensino Médio participaram do Harvard Model Congress Latin America (HMCLA). O evento, que ocorreu no Centro Universitário Belas Artes, contou com a participação de escolas do Brasil e Honduras. Os alunos foram acompanhados pelas professoras do MONU-EM Regina Mara Fonseca, de Geografia, e Marina Consolmagno, de História.

harvard1

Em sua 4.a edição, o HMCLA trouxe simulações de governos, congressos e conferências onde os alunos representaram países da América Latina ou pessoas como ministros, juízes, deputados e senadores. Dessa forma, os alunos puderam compreender, na prática, as grandes questões do mundo atual, as posições de cada país, os limites das negociações e a hierarquia de poderes.

harvard2

“Foi uma experiência incrível. Tivemos discussões muito interessantes e produtivas. Estávamos lidando com problemas reais que afetam o mundo em que vivemos e pudemos observá-los de várias perspectivas diferentes” explicou a aluna Maria Paula Carbone, da 2.a série do Ensino Médio, que recebeu uma menção honrosa por sua participação representando Cuba na Conferência do Conselho Econômico Para América Latina e o Caribe.

harvard3

Como todos os debates eram realizados em inglês, um dos grandes ganhos foi a oportunidade de usar a língua estrangeira em um contexto real. “Acho que os alunos tiveram a chance não apenas de argumentar, mas também de pensar em inglês, já que essa é a língua usada na diplomacia internacional”, completou Regina Mara.

harvard4

O evento foi organizado por alunos da Harvard University que estiveram presentes como mediadores das negociações. “Os nossos alunos tiveram um ganho enorme no contato com os estudantes de Harvard que contaram muito de suas experiências e permitiram que os alunos refletissem sobre suas vidas escolares”, concluiu a professora Marina.